quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Ordem


O que é Sacramento?
- Sacramento é uma representação material, visível, de uma realidade invisível, que está contida nele e é comunicada quando há convivência e correspondência; são sete:
Iniciação Cristã:Batismo / Crisma / Eucaristia;
Cura: Penitência / Unção dos Enfermos;
Serviço: Matrimônio / Ordem (CIC-Catecismo da Igreja Católica 1536-1600)
- Os sete Sacramentos atingem todas as etapas e todos os momentos importantes da vida do cristão. Dão à vida de fé do cristão: origem e crescimento, cura e missão. Nisto existe certa semelhança entre as etapas da vida natural e as etapas da vida sobrenatural.

O que é um sacerdote?
- Para saber o que é um sacerdote, é preciso saber primeiro o que é sacrifício.
- Hoje em dia, a palavra, ‘sacrificio’ é usada em muitos sentidos.
- Mas, no seu significado estrito e original, é a oferenda de um dom a Deus, feita por determinado grupo, por intermédio de alguém que tenha o direito de representar esse grupo. Hebreus 5, 1-3
- O propósito da oferenda é prestar culto coletivo a Deus; quer dizer, reconhecer o supremo domínio de Deus sobre os homens, agradecer-lhe as suas graças, satisfazer pelos pecados do homem e pedir-lhe os seus benefícios.
- Deus não necessita dos nossos dons, pois tudo o que existe, foi Ele que o fez. Mesmo que lhe oferecêssemos uma montanha de diamantes, estes em si não teriam nenhum valor aos olhos de Deus.
- Antes de Jesus se ter dado a nós como oferenda perfeita no Sacrifício da Missa, o homem nada tinha a oferecer a Deus que fosse realmente digno dEle.
- Desde o começo da história humana, foi do agrado de Deus que o homem lhe manifestasse os seus sentimentos por meio de sacrifícios.
- De tudo o que Ele nos desse, tomaríamos o melhor (fossem cordeiros, bois, frutas ou grãos), e lho restituiríamos, sacrificando no altar como símbolo da nossa oferenda. Essas oferendas não podiam ser senão um gesto simbólico.
- Um sacrifício é a oração em ação de um grupo. E aquele que oferece o sacrifício em nome do grupo –como ministro de Deus- é o Sacerdote.
- Mas quem seria o sacerdote humano que estaria diante do altar, o homem cujos lábios e mãos Cristo usaria para a oferenda de Si?
- Quem seria o sacerdote humano a quem Cristo daria o poder de tornar Deus-Homem presente no altar, sob as aparências de pão e de vinho?
Resposta: “Todo sacerdote é escolhido entre os homens e constituído a favor dos homens em suas relações com Deus... Ninguém se apropria desta honra, senão somente o que foi chamado por Deus” Hebreus 5,1.4

O Sacramento da Ordem
- Os Sacramentos da Ordem e do Matrimônio, estão ordenados à salvação do outro. Contribuem também para a salvação pessoal; isto acontece por meio do serviço aos outros.
- O Sacramento da Ordem é uma graça que o próprio Cristo confiou aos seus apóstolos; transcende uma simples eleição, designação, delegação ou instituição pela comunidade, pois confere um dom do Espírito Santo que permite exercer um ‘poder sagrado’ que só pode vir do próprio Cristo, por meio de sua Igreja.
- O Sacramento da Ordem torna a pessoa semelhante a Cristo por meio de uma graça especial do Espírito Santo, para servir de instrumento de Cristo para o bem de toda a Igreja. O padre age como representante de Cristo, Cabeça da Igreja, em sua tríplice função: Sacerdote, Profeta e Rei.
- No serviço comunitário do ministro ordenado, é o próprio Cristo que está presente à sua Igreja enquanto: Cabeça de seu Corpo, /Pastor de seu rebanho, /Sumo Sacerdote do sacrifício redentor, /Mestre da Verdade.
- Quem age e opera a salvação é Cristo, por meio do Sacerdote. Mesmo que o Sacerdote esteja em pecado, isto não impede Cristo de agir por meio dele.

“Sem o Sacramento da Ordem não teríamos o Senhor:
* Quem O colocou ali naquele sacrário?
* Quem acolheu a vossa alma no primeiro momento do ingresso na vida?
* Quem a alimenta para lhe dar a força de realizar a sua peregrinação?
* Quem há de prepará-la para comparecer diante de Deus, lavando-a pela última vez no Sangue de Jesus Cristo?
* E se esta alma chega a morrer (pelo pecado), quem a ressuscitará, quem lhe restituirá a serenidade e a paz?
Resposta: O Sacerdote, sempre o Sacerdote.
- Depois de Deus, o Sacerdote é tudo!... Ele próprio não se entenderá bem a si mesmo, senão no Céu.
- Se compreendêssemos bem o que um padre é sobre a terra, morreríamos: não de susto mas de amor.
Sem o padre, a Morte e a Paixão de Nosso Senhor não teria servido para nada. É o padre que continua a obra da Redenção sobre a terra.

- Que aproveitaria termos uma casa cheia de ouro, se não houvesse ninguém para nos abrir a porta?
O padre possui a chave dos tesouros celestes: é ele que abre a porta; é o ecônomo do bom Deus; o administrador de seus bens.
O Padre não é padre para si mesmo é para vós.(Cura D’arns)

Pensar para não julgar
Quando se pensa que nem os anjos, nem os arcanjos, nem Miguel, nem Rafael, nem Gabriel, nem príncipe algum daqueles que venceram lúcifer podem fazer o que um sacerdote faz;

Quando se pensa que o mundo morreria da pior fome se chegasse a lhe faltar esse pouquinho de pão e esse pouquinho de vinho;

Quando se pensa que isso pode acontecer, porque estão faltando às vocações sacerdotais; e que quando isso acontecer se estremecerão os céus e se romperá a Terra, como se a mão de Deus tivesse deixado de sustentá-la; e as pessoas gritarão de fome e angústia, e pedirão por esse Pão, e não haverá ninguém que lhes dê; e pedirão a absolvição de suas culpas, e não haverá quem as absolva, e morrerão com os olhos abertos pelo maior dos espantos...

Quando se pensa que um sacerdote é mais necessário que um presidente, mais do que um militar, mais do que um banqueiro, mais do que um médico, mais do que um professor, porque ele pode substituir a todos e ninguém pode substituí-lo;

Quando se pensa tudo isso,...

Compreende-se a imensa necessidade de fomentar as vocações sacerdotais;

Compreende-se que, se um pai ou uma mãe obstruem a vocação sacerdotal de um filho, é como se renunciassem a um titulo de honra incomparável;

Compreende-se que ajudar a construir ou manter um seminário ou noviciado é multiplicar os nascimentos do Redentor;

Compreende-se que ajudar a custear os estudos de um jovem seminarista ou de um noviço é aplainar o caminho por onde chegará ao altar um homem que, durante meia hora, todos os dias, será muito mais que todas as celebridades da Terra e que todos os santos do Céu, pois será Cristo mesmo, sacrificando o seu Corpo e o seu Sangue, para alimentar o mundo.

Fonte: Hugo Wast (Romancista Mexicano) - Legionários de Cristo